Para os especialistas, as matérias-primas não entraram em um novo ciclo de alta de preços, apesar das altas registradas nos primeiros trimestres do ano. As economias latino-americanas terão de aprender a se adaptar.

Petroleo